Disney’s Keys to the Kingdom

Assíduos frequentadores da Disney, desta vez queríamos fazer atividades que fugissem um pouco do trivial de todas as viagens. Na procura de algo diferente que acabamos achando uma atividade que é sensacional pra quem curte os detalhes mágicos por trás da Terra Encantada. Passamos um dia fantástico por lá, o qual contaremos em detalhes aqui. Ah, o programa se chama Disney’s Keys to the Kingdom.

disneys-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando2

Primeiramente, chegamos a Guest Relations do Magic Kingdom, onde tínhamos horário agendado para as 08:30 (cedo mesmo). Chegando lá, já começamos a experimentar o que há de mais fantástico de organização em termos empresariais. Crachás com nossos nomes, cardápios para escolher o almoço que seria feito mais tarde e os rádios para ouvir a guia ao longo do dia.

Um pequeno parêntese: neste post, além da magia dos personagens, atrações e todo o restante, queremos passar uma ideia geral do que é e como é feito o mais alto nível de excelência em serviços. Ah, e não desistam no meio do post, o final guarda detalhes dos famosos túneis do Magic Kingdom.

Bom, vamos lá. Como chegamos bem em cima da hora, o grupo já estava formado e apenas nos esperando. A simpática Kimberly começou a falar um pouco sobre o que seria o dia e sempre ressaltando que o “Grand Finalle” seria o passeio pelos túneis embaixo do parque.

Após esta breve introdução, nos dirigimos para a Main Street e depois para uma rua sem saída que fica próxima ao Starbucks da Main Street. Ali, ela nos explicou que pararíamos em vários lugares com sombra ao longo do dia – e isto foi muito bom para que o passeio não se tornasse cansativo. Ali foram contadas histórias incríveis sobre o Walt Disney e a criação de tudo. Tentaremos recapitular aqui um pouco do que foi dito:

  • Olhando para o Castelo da Cinderela, você acha que ele é mais alto do que realmente é. Isto acontece em todas as outras construções da Main Street. O segredo? Simples. Eles fazem os andares superiores menores do que os inferiores, criando uma perspectiva quando olhamos. Incrível não?
  • Há muitos nomes nas janelas da Main Street. Todos estes são pessoas que impactaram profundamente a criação dos parques.
  • Muitos dos andares superiores das construções da Main Street de fato funcionam. São escritórios administrativos e de segurança.
  • Neste exato momento houve a abertura do parque para o público. É muito interessante verificar que 90% das pessoas tende a virar à direita, rumo a Space Mountain, enquanto o Jungle Cruise (na Adventure Land) fica vazio no início do dia.
  • Muitas histórias interessantes foram contadas sobre a criação da Disney. Como muitos sabem, a empresa foi criada por Walt e por seu irmão, Roy, que era o responsável financeiro da empresa. Como tudo começou? Walt Disney criava filmes incríveis e a imersão do público era chave para que estes tivessem sucesso. Ao ver que as salas de cinema da época não estavam à altura de seus filmes, resolver criar um espaço de maior imersão, a Disneyland, na Califórnia.
  • Os irmãos Walt e Roy não podiam prever o sucesso que faria o parque e compraram apenas uma porção de terra na Califórnia. Quando foram comprar o restante, estava financeiramente inviável . A solução? Comprar terras em outros lugares
  • Por que a Flórida? Walt queria terras baratas, numa região onde os parques pudessem funcionar 365 dias por ano (o clima da Florida é como o do Brasil). No entanto, os irmãos Disney já eram muito conhecidos. Então, inúmeras empresas foram criadas para comprar terras na Florida. Quando todos descobriram quem era o real comprador das Terras, tudo já era deles. Para se ter ideia, TODAS as terras usadas até hoje já haviam sido compradas naquele momento. Visionário não?
  • Qual o tamanho da terra que ele comprou? 27.000 acres. Incrível!

disneys-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando-22

 

  • O dia todo são falados dos 4 princípios básicos que todos funcionários da Walt Disney World tem que saber e por em ação : Safety, Courtesy, Show, Efficiency . Isto funciona como uma lavagem cerebral mas que pode ser visto em cada detalhe!

Depois disto, fomos para frente da estátua do Walt Disney, de mão dadas com o Mickey. Quem não se emociona com aquela estátua?! Perguntamos qual era a história por trás e ela disse que haviam muitas histórias, mas que a que ela mais gostava é que o Walt Disney estava mostrando para o Mickey onde seria criado e realizado o sonho que ele tinha tido há anos e anos atrás.

  • Vocês sabiam que há um Starbucks, recentemente inaugurado por lá? E qual a explicação deles para isto? Segundo eles, a Disney tem a humildade de reconhecer quando uma empresa faz algo melhor do que eles, neste caso café. E o mesmo se aplica a todos parceiros, como Coca-Cola, Siemens, AT&T e por aí vai

Lembrem-se, neste momento ainda estávamos em frente a estátua do Walt. Depois disto, vamos para a Adventureland, onde somos apresentados a mais alguns detalhes incríveis. A música e o chão mudam completamente quando saímos da Fantasyland em direção a Adventureland. Bem na ponte da Adventureland, a visão para o castelo da Cinderela é nulo, pois vocês já viram algum castelo na selva? Atenção máxima aos detalhes!

disney-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando-4

Então, vamos para o Jungle Cruise, onde entramos pela saída, cortando fila. Ah, merecemos vai! Então, fizemos o passeio, que neste caso tem uma ótica completamente diferente. Alguns detalhes? Vamos lá:

  • No inverno, o clima se torna um pouco frio para este passeio. Por este motivo, há alguns aquecedores escondidos que sopram ar quente para a temperatura ficar sempre de floresta tropical.
  • Os hipopótamos são feitos para aparecer apenas acima da água. A estrutura por baixo é só de máquinas
  • Você acha que o piloto está controlando o barco? Bom, este é o lado mágico. O lado real é que é um trilho onde o piloto apenas controla a velocidade. O mesmo é válido para TODOS barcos nas atrações da Disney.
  • O Jungle Cruise é uma das atrações originais que foram inauguradas juntamente com o MK, em 1971. Na época ele era revolucionário.

Após uma parada estratégica em um banheiro entre Adventureland e Liberty Square, fomos em direção a nossa primeira incursão no back-stage. É aqui que para muitos a magia acaba. Mas para nós, é onde a magia aumenta. Ver como tudo é feito torna as coisas ainda mais mágicas e incríveis.

Basicamente, entramos numa porta entre a Splash Mountain e o Piratas do Caribe (sim, no backstage eles são vizinhos e achamos uma foto legal onde dá para entender). É exatamente deste lugar onde sai Electrical Parade, quase todos os dias. Como a Splash Mountain estava em reforma, todos os carrinhos estavam nesta área de Backstage, sendo reformados.

disney-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando51

Lá também foi explicado como a Disney recicla todo o lixo gerado no parque. Ainda, explicaram sobre o sistema de ar condicionado.

Ali atrás podemos ver os prédios onde ficam o Splash Mountain e o Piratas. São prédios realmente enormes, que ficam apenas a alguns metros do público. Como escondê-los? Walt Disney era um profundo conhecedor de cores e desenvolveu esta cor que é imperceptível ao olho humano, quando envolto em árvores. Ou seja, olhe o quanto quiser, pois não verá os prédios a partir do parque.

Logo após, fomos diretamente para um armazém, gigantesco, onde todos os carros das paradas estavam sendo reformados, pintados, criados. Se não quiser perder a magia, pare de ler. Lá podemos ver, em dia de paradas, o Mickey se vestindo, a cinderela sem sapatos e por aí vai.

Depois disto, alguns detalhes sobre o Splash Mountain foram falados:

  • O reservatório tem 3 metros de profundidade e quando o brinquedo fecha, eles colocam toda a água no reservatório que fica  com 5 metros de profundidade.
  • Há uma rede  para que objetos perdidos não parem no reservatório
  • Como as pessoas tendem a gritar (e abrir a boca) nos brinquedos, por lei, a Disney tem que colocar água potável na Splash Mountain.

disney-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando-6

Saindo do backstage voltando para o parque, em direção ao Columbia House, um restaurante bem bacana na Liberty Square. No caminho, paramos para que ele falasse da sonorização do parque. Foi nos explicado que há centenas de falantes em cada área e cada área com sua própria música. E todas estão escondidas em diversos tipos de lugares (tipo lixos, pedras, bancos, etc).

Após um excelente almoço, fomos para mais uma visita vip, agora na Haunted Mansion. Muitos, mas muitos detalhes foram falados sobre o brinquedo. Aqui alguns que lembramos:

  • Dois criadores foram contratados para fazer a Haunted Mansion. Um queria que fosse algo mais Disney, leve e alegre e o outro queria que fosse mórbido, como qualquer casa do terror. A solução? Dividir exatamente ao meio. Portanto, a primeira parte é mais fúnebre e a segunda mais alegre e divertida.
  • Há muitos Hidden Mickeys. Veja na mesa na cena da sala de jantar. Há um Mickey formado por pratos.
  • Há outro Hidden Mickey nas tumbas. Onde? Encontre e nos fale, rsrsrs!

disney-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando7

Depois disto, voltamos para a Main Street onde mais algumas histórias foram contadas. Todas sempre muito bacanas.

Bem, o fim do passeio se aproximava e também o grand finalle. Era hora de ir para os túneis subterrâneos. Pegamos uma entrada próxima à sorveteria da Main Street e fomos para o backstage novamente. Lá, vimos outro Mickey se vestindo.

E a grande hora chegou!!! Vamos descer ao túnel. Pegamos as escadas e descemos para os túneis. Fotos? Proibido!! Infelizmente o que vimos lá, é só pra quem trabalha ou pra quem faz o tour. Mas a verdade é que é muito bacana conhecer este “mito” por trás.

São alguns quilômetros de túneis embaixo do parque. Embaixo? Na verdade os túneis são o primeiro piso. Eles foram criados no nível da terra, e não abaixo. Ou seja, O PARQUE TODO É O SEGUNDO ANDAR. Incrível não?

disneys-keys-to-the-kingdom-roteiro-em-orlando-8

Lá vimos funcionários, carrinhos elétricos andando pra cima e pra baixo e um Subway para os funcionários. Músicas da Disney lá embaixo? Nunca. Tocam músicas que deem uma relaxada nos funcionários, afinal, “lá em cima” é Disney 100% do tempo.

Vimos muitas fotos exclusivas nas paredes, da época da criação do parque, objetos antigos e muitas e muitas histórias foram contadas lá embaixo. A última história nós adoramos e repetimos aqui:

A história do próprio Walt Disney. O primeiro personagem criado por ele foi o coelho Oswald. Como o Walt não possuía poder na época, ele fez um acordo com a Universal para distribuição dos filmes do personagem. Em um contrato mal feito, após uma reunião em New York, Walt perdeu TODOS os direitos sobre o primeiro (e até então único) personagem. Roy, o irmão cerebral, queria a todo custo processar a Universal. Walt se recusou a processá-los e disse a frase “Forget the Stepbacks”. Em tradução livre, algo como esqueça  os passos para trás e vá adiante!

Na volta para Califórnia, de trem, Walt criou o personagem Mortimer. Graças a sua esposa, este simpático camundongo passou a se chamar Mickey. E depois disto, a história vocês já conhecem. O personagem não só salvou seu criador da falência, como criou em volta dele um dos casos mais fantásticos de sucesso da história moderna.

Com isto, fomos capazes de ver o que há por trás do principal parque da Walt Disney World. É emocionante ouvir todas as histórias e ver que tudo começou com um camundongo. Incrível não. Walt e Roy Disney são exemplos de pessoas que foram capazes de perseguir seus sonhos e que jamais desistiram, mesmo que tudo sugerisse que sim.

mickey-80-anos-walt-disney-04g

Sugerimos a todos que gostem da Disney, façam o tour. É preciso falar um nível razoável de inglês, pois 100% do tempo é falado o idioma. O preço é de US$79 por pessoa e não inclui o ingresso de entrada. Dura cerca de 5 horas, que voam e inclui o almoço.

Recomendamos a todos! Contem sua experiência quando forem! :)

Esperamos MUITO que tenham gostado!

 

Sobre o Autor

  • Patricia

    *224* otimoooo

    Gi Bucciarelli

    *kissss*

  • patricia pereira

    *shy* maravilha … ja fui 4 vezes e na 5a vou fazer esse tur … adorei… obrigada pela dica

    Gi Bucciarelli

    Que legal que gostou!! Depois nos conte o que achou!!

  • Bruna

    Como faz para reservar esse tour?

    Gi Bucciarelli

    Oi Bruna, tudo bem? Para fazer o tour é preciso reservar um horário ligando para: (407) 939-8687 mais informações no site da Disney: https://disneyworld.disney.go.com/events-tours/magic-kingdom/keys-to-the-kingdom-tour/

  • Gi Bucciarelli

    Através do telefone +1 (407) 939-8687. Obrigada por nos acompanhar!

  • Anônimo

    *250*

  • Anônimo

    como faz para fazer o tour pelos túneis???

    Gi Bucciarelli

    Olá, tudo bem? Para fazer o tour é preciso reservar um horário ligando para: (407) 939-8687 mais informações no site da Disney: https://disneyworld.disney.go.com/events-tours/magic-kingdom/keys-to-the-kingdom-tour/

  • Carol Piccolo

    Nossa, que legal! Realmente interessante.
    Já visitei várias vezes o parque e nunca reparei nos prédios atrás da Splash Montain/Piratas do Caribe que você citou…
    Dá próxima vez vou tentar ver alguma coisa, mas só por diversão já que parece ser impossível, haha!

    Gi Bucciarelli

    Oi Carol! Depois do tour, quando voltamos ao parque, nós tentamos diversas vezes achar o prédio e não achamos! hahaha se você achar, manda uma foto para nós! beeijos.

  • Anônimo

    Que legal, adoroo a Disney, preciso fazer esse tour na próxima ida lá, só fiquei triste um pouco por conta do inglês, falo só o básico, não sei se é legal ir para esse tour sem falar muito bem inglês

  • Anônimo

    Adorei!! Tem sempre?? Como faz para reservar?? e é traduzido para o portugues??
    Obrigada

    Gi Bucciarelli

    Oii, tudo bem? Tem sempre sim, é um tour oferecido pela Disney. Para reservar é só ligar no telefone: (407) 939-8687! Para mais informações: https://disneyworld.disney.go.com/events-tours/magic-kingdom/keys-to-the-kingdom-tour/

  • Anônimo

    Quando se trabalha por lá esses túneis são nossas main street!

    Gi Bucciarelli

    Siim, demais!! *icon_lol*

  • Anônimo

    Adorei!!! Quero muito fazer! É verdade que só é permitido para maiores de 12 anos? E essa chave? Vc ganha? É linda!!!

  • Rouse

    *296* ai eu quero fazer esse tour!!! Achei a reportagem sensacional!! Parabéns

    Gi Bucciarelli

    Faça sim, vale muito a pena!! :) beeijos.